linha marela

NO EMBALO DAS CORES

 

No embalo das cores fala sobre saudade e inspiração, e mostra que, através da solidariedade, podemos provocar modificações. Em cena, um artista está sem inspiração por conta da morte de sua amada. O problema é que ele tem que entregar um quadro, por encomenda do Rei, senão corre sério risco de ser preso. As cores primárias percebem que correm sério risco de ressecarem, caso o artista não volte a pintar, e resolvem intervir. O que elas não contavam é que não seriam reconhecidas. O artista só enxerga em preto e branco tamanha a dor e saudade de sua amada. As cores, sem alternativas, resolver ir ás últimas consequencias: misturar-se.

linha marela
No_embalo_das_Cores_foto_Marco_dos_Anjos.png

Sinopse:

 

As cores primárias - vermelha, amarela e azul - derrama-se para ajudar o artista a pintar sua nova obra. O que elas não esperavam é que ele está exergando em preto e branco, tamanha a dor pela perda de sua amada. Para restaurar memória e a inspiração, não resta outra alternativa, as cores primárias precisam se misturar,

No_embalo_das_cores_foto Will Pimentel.png
No_embalo_das_cores_ foto_ Ernane_Pinho.png
No_embalo_das_Cores_foto_Marco_dos_Anjos.png

Ficha Técnica:

 

Texto: Tathiana Loyola 

Direção: Fabrício Ligiero

Direção Musical: Daniel Carneiro

Direção Geral: jMarco dos Anjos

 

Com Paula Barbosa, Raphael Uchoa, Stain Canidi e Tathiana Loyola. 

 

Assitente de direção: Muriel Vieira
Músicas: Daniel Carneiro
Arranjos: Daniel Carneiro, João Guesser e Mateus Penna Firme
Assist. direção musical: Mateus Penna Firme

Direção de Movimento: Fabrício Ligiero

Figurino: Carol Barros

Visagismo: Ernane Pinho

Cenografia: Erick Fuly

Iluminação: Paulo Roberto Moreira

Designer gráfico: Daniel Souza
 

 

No_embalo_das_cores_ Marco_dos_Anjos.jpg
email.png

contato@trupedoexperimento.com.br